A semiótica do Bem-Estar: uma análise sobre o programa “Bem Estar”

André Beraldo Ireno;Bianca M.Terranova; Davi Cândido Nogueira; Elisa E.Carvalho Luccas dos Santos;Pablo M.F. Viana

Resumo


Este trabalho tem como objetivo investigar de que forma a mídia se apropria da ideia de bem-estar, utilizando o programa Bem Estar, da Rede Globo, como objeto empírico. Para isso, recorre à análise semiótica de discurso para verificar de que maneira conceitos sobre saúde, doenças e bem-estar são transformados em objetos de consumo midiático no programa, analisando seu discurso no nível fundamental, narrativo e discursivo. 

Texto completo:

PDF