Elas merecem ser lembradas: feminismo, emoções e memória em rede

Tatiane Leal

Resumo


Neste artigo, discuto as interseções entre feminismo, memória e emoções no ambiente virtual da Internet. A metodologia consiste na análise das páginas dos projetos Aurélia e Let’s Celebrate Women, que se dedicam a construir uma memória coletiva feminina online, reunindo histórias de
mulheres inspiradoras, do passado e do presente. O objetivo é  problematizar os usos da memória pelos movimentos sociais, em suas constituições identitárias e em suas lutas por reconhecimento, identificando os imbricamentos presentes entre os feminismos  contemporâneos e a Internet. A partir de uma discussão do conceito de memória, investigo, ainda, as relações entre essas iniciativas e o crescimento de uma cultura do lembrar na contemporaneidade. Na relação entre as práticas de rememoração e as emoções, o direito à memória se estabelece como uma reivindicação  primordial das mulheres em suas novas formas de militância.

Palavras-chave


Memória. Feminismo. Internet. Emoções. Gênero.